13-09-2016
Viagem

VIAGEM PERU: VALE SAGRADO

img_8494
Sharlene Rocha
Escrito por Sharlene Rocha

Oiii, Genteee!!!

Continuando minha viagem para o Peru, hoje vou compartilhar com vocês meu dia no VALE SAGRADO

O Vale Sagrado dos Incas, está nos Andes peruanos, esta parte do Peru é composta por muitos rios que descem por pequenos vales; possui numerosos monumentos arqueológicos e povoados indígenas. O principal rio é o Urubamba.

Este local era  muito apreciado pelos Incas devido as suas especiais qualidades geográficas e climáticas. Foi um dos principais pontos de produção pela riqueza de suas terras e o lugar onde se produz o melhor grão de milho no Peru.

img_8486

Nossa primeira parada foi em Písac, que está localizado a 33 quilômetros de Cusco. Sendo um dos pontos arqueológicos mais importantes do Vale Sagrado dos Incas. Este povoado tem uma parte inca e outra colonial.

Este povoado é conhecido pelo seu observatório astronômico, e sua arquitetura que é mestiça, construída sobre restos indígenas pelo vice-rei Francisco de Toledo.

Por lá  pode-se assistir a uma missa em quíchua no meio de indígenas e varayocs ou prefeitos regionais. E ficamos abismados na forma que os agricultores incas resolveram o problema de semear nas ladeiras dos morros. Os incas realmente eram minuciosos em tudo que faziam!!!

img_8483img_8448 img_8455

Após o almoço seguimos para Ollantaytambo, um lugar incrível, muito místico e cheio de curiosidades, uma verdadeira obra monumental da arquitetura inca.

É a única cidade da era inca no Peru ainda habitada. Em seus palácios vivem os descendentes das casas nobres cusquenhas. Os pátios mantêm sua arquitetura original. Atualmente é um povoado, capital do Distrito de Ollantaytambo (Província de Urubamba), situado na parte sul a cerca de 90 km a noroeste da cidade de Cusco. É um dos pontos de partida do caminho a Machu Picchu

Esta cidade constituiu um complexo militar, religioso, administrativo e agrícola. A entrada é feita pela porta chamada Punku-punku.

img_8494img_8492

Uma das montanhas que cercam a cidade mostra formações rochosas que lembram a metade de um rosto, aparentando com um rei de barba e coroa. O rosto apareceu após um terremoto que aconteceu no século XX. Ao lado do rosto existe um silo de alimentos, que muitas pessoas  confundem com uma prisão. A localização do silo foi muito bem planejada, mesmo em dias de sol intenso, o vento forte que bate na montanha mantém o local bem fresco, favorecendo a conservação dos alimentos.

fullsizerender

Dica para quem for visitar o VALE SAGRADO, conforto é prioridade… porque são muitas caminhadas, e não esqueça o casaco!!!

Por hoje é isso gente!!!  😉 

 

Deixe um comentário